1° Festival de Cinema Periférico realizado em etim abre chamada para seleção e premiação de filmes de cineastas das periferias de todo o Brasil

Realizadores periféricos de todo o Brasil que tenham longas, curtas e médias metragens produzidos entre os anos de 2018 e 2021 poderão se inscrever até o dia 17 de novembro para o processo de seleção para a exibição e premiação de suas obras durante  Do Outro Lado – Festival de Cinema Periférico que acontece em dezembro.

Por Mariana Cordeiro e Milena Geovana – Jornalistas


Até o dia 17 de novembro,
cineastas e realizadores periféricos de todo Brasil poderão inscrever filmes para exibição no Festival Doutro Lado. Os filmes selecionados também serão premiados com valores em dinheiro. É necessário ser de áreas periféricas de qualquer lugar do Brasil e ter mais de 18 anos. Serão aceitas inscrições de pessoas físicas e jurídicas que deverão ser feitas pelo formulário.

O Festival Doutro Lado, de 13 e 17 de dezembro, é o primeiro focado em cinema periférico realizado na cidade de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. O evento  traz a temática “Cinema e Cultura periféricos” para o centro da discussão como uma forma de apresentar os cineastas e realizadores da periferia, além de  estimular o consumo de arte por quem mora nelas. O Festival foi idealizado para difundir a produção audiovisual e contribuir para a reflexão acerca dos filmes exibidos e incentivar o intercâmbio cultural entre as periferias do Brasil.

Para Vitor Gonzaga, responsável pela Encruza Produções – organizadora do evento, criar espaços para as potentes produções audiovisuais das favelas do Brasil é uma maneira de estimular as mentes que já produzem a permanecerem nesse caminho. “Nós queremos dialogar com a periferia. É como uma conversa entre amigos que têm vivências parecidas. Trazer filmes que as pessoas iguais a nós vão assistir e falar ‘nossa, que filme!’” 

Serão aceitos curtas, médias e longas-metragens, de todos os gêneros (exceto filmes publicitários ou institucionais), finalizados em qualquer formato digital, produzidos entre os anos de 2018 e 2021. As dez obras selecionadas, sendo seis curtas, dois médias e dois longas, serão premiados com valores de R$800, R$1.200 e R$1.400, respectivamente.  

As obras poderão ser inscritas respeitando os critérios de classificação métrica de filmes por meio do formulário de inscrição e demais critérios que constam no edital. A análise será feita por uma comissão com atuação na área cinematográfica e o resultado será divulgado pelas redes do Festival Do Outro Lado no dia 29 de novembro. Para mais informações, os interessados podem entrar em contato por meio do email [email protected]

Encruza Produções 

A Encruza Produções é uma jovem produtora que tem foco em produções inovadoras nos campos artístico, cultural e social. Criada em agosto de 2018, a empresa tem como missão atuar nos diferentes segmentos culturais de modo a possibilitar novas histórias. Ao longo desses dois anos a produtora realizou diversos projetos, dentre eles a direção de produção das 1° e 2° edições do Festival Cabeça Feita, a produção executiva da Semana do Hip Hop 2019, e a realização do projeto Beagá À Capital do Hip Hop.