Uma dupla com a missão de ajudar afroempresas a conquistarem seus espaços no mundo digital

À frente da Essência Afro, Marinara Andreza e Miguel Oliveira acreditam que é  possível fomentar o Black Money e emancipar a comunidade por meio de uma comunicação mais empática e humanizada.

Por Sandrinha Flávia – Jornalista, locutora e apresentadora

Foto: Marinara Andreza

Em 2017, os estudantes de publicidade e propaganda Miguel Oliveira e Marinara Andreza se uniram para fazer o Trabalho de Conclusão de Curso  (TCC)sobre o tema “A Representatividade de Pessoas Pretas na Publicidade”. Após um longo período de pesquisa, concluíram que existe uma grande desigualdade racial dentro das agências de publicidade no Brasil, nas propagandas desenvolvidas pelas agências, além de altos números de casos de racismo na história da publicidade.

Esse resultado foi o gatilho para criarem a “Essência Afro”, empresa focada em ajudar afroempreendedores a desenvolverem seus negócios digitais, visando a uma comunicação mais empática e humanizada.

Após se formarem, o projeto ficou adormecido por um período e ambos foram trabalhar em outras empresas, mas a Essência Afro nunca foi esquecida; a dupla  sabia do potencial  do negócio. O sonho de dar cara aos afroempreendimentos mais cedo ou mais tarde iria acontecer.

No final de 2018, não dava mais para esperar. Com o plano de negócio pronto, resolveram  colocar a empresa para funcionar. Atualmente a Essência Afro oferece uma gama de trabalhos essenciais para empresas que buscam ingressar no mercado digital. “A empresa é dividida em duas grandes áreas: Marketing Digital e Design. Na área do Design, desenvolvemos design para redes sociais, brand design, layout de sites, campanhas, impressos e embalagens. Na área de Marketing Digital, fazemos gerenciamento das redes sociais, lançamento de infoprodutos, campanhas e estratégias de marketing”, disse Marinara.

Em 2020, a pandemia da COVID19 trouxe algumas perdas para a empresa, mas nada estagnou o projeto. Marinara e Miguel relatam que no início veio um medinho, mas logo perceberam que estavam no caminho certo. “O digital e sua evolução é a chave para a transformação do mundo, foi um período de aprendizado, estamos cautelosos e estratégicos, felizmente estamos fechando 2020 muito bem, apesar de ter sido um ano tão triste para todos nós”, acrescentou.

Para os empreendedores que buscam ter visibilidade marcante e positiva na Internet, a dupla ressalta que o primeiro passo é transformar a sua metodologia de trabalho e entender que a comunicação vem mudando constantemente e que é preciso  atualização.

Foto: Miguel Oliveira