Baixe aqui a 19ª edição da Revista Canjerê

Chegamos até aqui, finalmente, a 19a edição da Canjerê está entre nós,
e num contexto que em que temos muito o que comemorar. A derrota do
fascismo nas últimas eleições é um ponto de grande importância na luta
anti-racista, na luta pela democracia, pela arte, pela cultura. Há muito o
que lutar, óbvio, não tem jogo ganho, mas é essencial pontuar nossas
vitórias e conquistas. Seguimos!

Neste mês de novembro, período em
que celebramos a resistência de Zumbi de Palmares, as pautas refletem
os territórios ocupados no cinema, na dança, na música, nas reflexões.
Bora escurecer!

A matéria de capa retrata a força do Quilombo Manzo Ngunzo Kaiango,
registrado pelas palavras da Makota Celinha. Fernanda Luá entrevista o pesquisador, filósofo e historiador Marcos Cardoso, referência do movimento negro.

Sandrinha Flávia entrevista a estilista Valéria Duarte, na Seção Negócios. O mestre Evandro Passos aborda “Experiências do sagrado de matriz africana no Carnaval”. Na seção África, Elísio Macamo traz uma perspectiva sociológica sobre Moçambique.

Na sessão de música, falo sobre o álbum “Umbatuke” do rapper Radical Tee, trabalho
que comemora trinta anos de caminhada do artista. Adilson Marcelino fala sobre Marte Um, filme do mineiro Gabriel Martins que é o representante brasileiro na disputa pelo Oscar. O olhar social deste mês apresenta a trajetória exemplar de incentivo à
leitura do rapper e empreendedor, Adam Araújo.


Boa leitura.
Roger Deff
Editor da revista Canjerê, rapper, jornalista e mestre em Artes pela UEMG.

https://revistacanjere.com.br/wp-content/uploads/2022/12/REVISTA-CANJERE-19-rev02-COMPLETA-Issuus.pdf