Guia Negro une viagens e black business para estabelecer a cultura negra em destinos turísticos

Por Naiara Rodrigues

Se viajar é uma experiência transformadora, por que não pode ser também inclusiva? É a partir dessa provocação que surgiu o Guia Negro, uma plataforma de afroturismo que realiza experiências turísticas em diversas cidades e faz produção independente de conteúdo sobre viagens, cultura negra, afroturismo e black business.

A iniciativa foi fundada pelo jornalista Guilherme Soares Dias que é consultor em diversidade e empreendedor apaixonado por viagens. Como jornalista, ele escreve para a Carta Capital, Revista Trip, UOL e é colunista na Folha de S. Paulo, além de outras publicações como podcast “Afroturismo, o movimento”, um guia inovador de viagens mais diversas e conscientes. A cada sexta-feira, o podcast traz novos convidados que abordam temas sobre a história e a cultura desse povo tão rico, trazendo narrativas sobre o protagonismo negro e um novo olhar para o turismo. A produção tem a participação do fotógrafo e anfitrião de experiências Heitor Salatiel que traz dicas de lugares, músicas e filmes para continuar as viagens propostas pelo programa.

Guilherme Soares Dias é ainda apresentador do quadro Guia Negro Viagem, disponível no canal de Youtube do Catraca Livre. Em 2022, o canal lançou episódios sobre destinos como África do Sul, Palmares, Salvador, São Paulo e São Luiz. Nos vídeos, Guilherme apresenta destinos passando por pontos turísticos, restaurantes, espaços culturais, museus ou locais históricos importantes para a história negra, no Brasil ou exterior, sempre acompanhado de um convidado que participa das visitas.

Além de dicas com canais de comunicações em diferentes formatos, o Guia Negro também oferece e desenvolve experiências turísticas com passeios guiados. Na lista de roteiros especiais oferecidos pelo Guia Negro estão a Caminhada São Paulo Negra e de outros walking tours baseados na cultura e história negra, como a Caminhada Bixiga Negra e Caminhada Barra Funda Negra, em São Paulo. A proposta é percorrer locais e monumentos representativos para a população negra, tendo como propósito a realização de um resgate da história do povo negro na cidade de São Paulo.

Na Bahia, o público também pode descobrir novos olhares a partir do turismo criativo da plataforma. A Caminhada Salvador Negra, que ocorre no Pelourinho; a Suburbana Tour; Nordeste Tour; Passar uma tarde em Itapuã; Curuzu-Liberdade Tour; e Caminhada Boipeba Roots. Os valores dessas experiências turísticas guiadas variam, e os passeios guiados podem ser feitos de 60 a 75 reais, com agendamentos disponíveis pela plataforma. O Guia Negro contém conteúdos diversos como entrevistas com artistas, curiosidades e dicas de viagens, afro-negócios, agendas culturais, entre outros. Conheça mais sobre essa plataforma no site: guianegro.com.br

Foto Guia Negro