Mostra de Cinema de Tiradentes. Corpo Quilombo

A 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes continua apresentando densos e reveladores subtemas que dizem muito da identidade do Brasil. A Revista Canjerê apresenta para vocês, mais um filme direcionado aos nossos interesses de promoção, divulgação e fomento das artes e cultura negra – Corpo Quilombo: O roteiro pode ser traduzido em algumas palavras chaves: Persistência, contemplação e resistência. Na tela, personagens negros históricos brasileiros, tais como Luiz Gama, Benjamin de Oliveira, Beatriz Nascimento e Dudu das Neves. Essas personagens falam de suas ideias, realizações heroicas e seu legado no Brasil de hoje. A Atriz, o Poeta, o Anjo; Negros em direção a um sarau de poesia na periferia de uma grande cidade, nos remete a pensar nos resistentes saraus periféricos realizados em Belo Horizonte, como o Sarau do Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado e o Sarau do Muquifu.